Disfunção erétil – Sugestões e curiosidades

Disfunção Erétil – Em meados dos anos 90, não se ouvia falar sobre disfunção erétil ou até mesmo impotência sexual, pelo fato, de que na época para homem este tipo de assunto era considerado uma desonra ou vergonha alheia construída pela pressão social em que homens deveriam sempre ser muito viris, mas com o passar do tempo começaram a perceber que não funcionava desta forma. Assim, começaram a surgir os primeiros comprimidos azul em formato de losango conhecido como Viagra, com a finalidade tratar a disfunção erétil. E naquele momento, tudo se tornou diferente.

A disfunção erétil incapacita de ter ou de manter uma ereção, desta forma, na hora h poderá gerar pressão psicológica do por que não está funcionando conforme gostaria, como também, o constrangimento eminente. Mas as causas do porque estão relacionadas às quaisquer condições que possa afetar a saúde dos vasos sanguíneos como:

  • Doenças cardíacas
  • Diabetes
  • Hipertensão arterial
  • Tabagismo
  • Obesidade

Outros tipos de fatores podem também está relacionada ao estresse, ansiedade excessiva, alcoolismo, problemas de relacionamento ou afetivos.

Estratégias de prevenção para a disfunção erétil

|Curiosidade|

Em uma pesquisa realizada pelas extremidades do Mediterrâneo, retratava uma culinária rica em gorduras monoinsaturadas saudáveis – encontradas em alimentos como o azeite de oliva-, como também, esta repleta de frutas , verduras, amêndoas, nozes, leguminosas, grãs integrais  peixe e está relativamente pobre em carnes vermelhas. Assim, foram recrutados entorno de 100 homens com disfunção erétil e outros 100 sem problemas  e descobriram aqueles que se aproximava mais da dieta mediterrânea estava mais propensos  a ter impotência, pelo fato , de que após especulação seja os efeitos anti-inflamatórios, pois, as inflamações contribuem para o acumulo de placas de gorduras – ou seja, ateromas- estreitando os vasos sanguíneos e reduzindo o volume de para de flui ara o pênis, dificultando a disfunção erétil.

|Pratique esporte|

Ao praticar esportes ou qualquer tipo de atividade ou luta que deixe seu corpo ativo em movimentos, ele previne em até 70% de risco de impotência sexual, como também, prevenindo diversos outros riscos como:

  • Diabetes
  • Hipertensão arterial
  • Estresse
  • Problemas cardiovasculares
  • Sedentarismo

|Pare de Fumar|

De acordo com o estudo feito com 7.684 chineses notificou que o tabagismo estava sendo associados por cerca de 1 em cada 5 casos identificando a disfunção erétil, pois ao fumar os vasos sanguíneos se contrai contribuindo para o acumulo de placas de gordura em diversas áreas de nosso corpo, assim, diminuindo o fluxo sanguíneo das artérias impossibilitando sua passagem os níveis de oxido de nítrico se reduzem – composto químico que mantém os vasos sanguíneos dilatados, incluindo os dos órgãos sexuais- estando mais propicio a disfunção erétil.

Novos estudos

Portanto, de acordo, com pesquisadores que avaliaram em torno de 32.616 prontuários, relataram que pacientes com histórico de disfunção erétil eram 3 vezes mais propenso a desenvolver a doença de Parkinson. Ou seja, a relação entre as  lesões no sistema nervoso autônomo que são responsáveis como a respiração e digestão, são teoricamente motivos básicos para identifica conexões que poderia levar  as formas de prevenção a doença Parkinson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *